Page 20 - gracas_354
P. 20

obstante as próprias limitações, confiando na proximidade de Deus
          e vivendo apoiados pela sua graça. Assim entendida, a pobreza é o
          metro que permite avaliar o uso correto dos bens materiais e também
          viver de modo não egoísta nem possessivo os laços e os afetos (cf.
          Catecismo da Igreja Católica, n. 25-45).
            Assumamos, pois, o exemplo de São Francisco, testemunha da
          pobreza genuína. Ele, precisamente por ter os olhos fixos em Cristo,
          soube  reconhecê-Lo  e  servi-Lo  nos  pobres.  Por  conseguinte,  se
          desejamos dar o nosso contributo eficaz para a mudança da história,
          gerando  verdadeiro  desenvolvimento,  é  necessário  escutar  o  grito
          dos  pobres  e  comprometermo-nos  a  erguê-los  do  seu  estado  de
          marginalização. (...)
            Evangelho na sua verdade mais profunda. Os pobres não são um
          problema: são um recurso de que lançar mão para acolher e viver a
          essência do Evangelho.

          Vaticano, Memória de Santo António de Lisboa, 13 de junho de 2017





             Informação aos nossos leitores:


              No próximo ano de 2018 a Revista “Graças do


             Padre Cruz SJ” terá uma nova periodicidade, mas

              será publicado também um folheto com artigos,
                     graças que partilham connosco, etc.

           Agradecemos que os divulguem e distribuam, deem

                           a conhecer o Padre Cruz.

                                    Obrigado!





          90              GRAÇAS DO PADRE CRUZ SJ
   15   16   17   18   19   20   21   22   23   24   25