Page 8 - gracas_354
P. 8

viva e fecunda em boas obras; esperança inabalável ; caridade ardente no
          amor de Deus e do próximo - fidelidade no cumprimento dos deveres do
          próprio estado - pureza - paciência - zelo pela salvação das almas - humildade
          e obediência”.
            “Peçamos ao nosso Bom Deus a graça de nos aproveitarmos dos ensinamentos
          que recebemos das festividades que a Santa Igreja vai celebrando. Tivemos neste
          mês [Dezembro] a festa de S. Francisco Xavier cuja vida nos incita a termos
          ardentes desejos de o imitarmos no seu zelo extraordinário pela glória de Deus e
          salvação das almas”


            Para terminar, fica esta citação, e em que o Padre Cruz, recorda a sua
          entrada na Companhia de Jesus, no dia da Festa de S. Francisco Xavier:


            “O nosso Bom Deus e Senhor concedeu-me a graça extraordinária de
          fazer os meus Santos Votos e entrar na Santa Companhia de Jesus no dia 3 de
          Dezembro de 1940, dia de S. Francisco Xavier a Quem peço que me alcance
          de Deus Nosso Senhor a graça de cumprir sempre os meus Santos Votos com
          o mesmo espírito com que Ele os cumpriu.



           Nota:
              Francisco Xavier, nascido no Castelo de Xavier, em Navarra (Espanha)
           no ano de 1506, foi um dos primeiros companheiros de Santo Inácio.
           Fez em Paris, ainda estudante, os Exercícios Espirituais, donde lhe veio
           a graça da conversão e o desejo de entrega total a Cristo e ao serviço da
           Igreja. Ordenado sacerdote em Veneza no ano de 1537 dedicou-se muito
           ardentemente á pregação e a obras de caridade. Enviado para o Oriente em
           1541, evangelizou incansavelmente a Índia e o Japão, durante dez anos,
           convertendo muitos à fé, e batizando centenas e centenas de catecúmenos.
           Morreu a 3 de Dezembro, na Ilha de Sanchoão, às portas da China. Foi
           canonizado pelo Papa Gregório XV em 1622. Mais tarde foi proclamado
           Padroeiro universal das Missões, tal foi o exemplo da sua vida, a sua
           dedicação, e o seu amor à evangelização do Oriente.





          78              GRAÇAS DO PADRE CRUZ SJ
   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13